Menu

Brazlândia

Na véspera do aniversário de Brazlândia, vários veículos de comunicação de todo o DF vieram à cidade, mas não foi exatamente por conta da comemoração dos 76 anos de Brazlândia.

O motivo foi outro: o exercito tomou conta das ruas, das entradas e saídas da cidade. Foram cerca de mil militares, com dezenas de carros, e até tanques de guerra, patrulhando a cidade.

A violência em Brazlândia está constante, o suficiente para muitos moradores acharem que esse foi o motivo da vinda do exército. No entanto tudo não passou de um treinamento, foi feito uma simulação de resgate a equipamentos e materiais que teriam sido roubados do exército.

Desde o começo da semana era possível perceber alguns jipes passando na cidade, era o inicio do planejamento para executar a simulação. O ginásio de esportes se transformou em centro de comando da Força Planalto, foram cerca de 10 horas de treinamento.

De acordo com o comando da tropa a cidade foi escolhida pelo pequeno tamanho e pela tranqüilidade, e a véspera do aniversário teria sido apenas uma coincidência.

Leia mais ...

Segunda-feira (01/06) exatamente na semana do aniversário de Brazlândia, o Lago Veredinha teve a inauguração da iluminação ao seu redor.  O ato contou com a presença do governador Arruda para ligar o interruptor.
Inauguração do Lago Veredinha
O lago que foi revitalizado a quase 1 ano (20 de junho de 2008), esteve com uma iluminação precária e várias vezes improvisadas por refletores. Após várias reclamações O Portal Brazlândia entrevistou nas duas semanas finais de maio moradores da cidade sobre a falta de luz no Veredinha.

No dia 21/05 as moradoras do Setor Tradicional, Lucia Maria e a Maria Jane, relataram que por conta da falta de iluminação tinham medo em dar a volta inteira no lago,  faziam suas caminhadas apenas no lado onde fica o posto do corpo de bombeiros, pois era a única parte  iluminada.

No mesmo dia, Cristiane Urcimo Pereira e Taís Parreira de Melo, ambas de 18 anos, comentaram que em 2008 na inauguração do lado havia refletores que ajudavam na iluminação, mas com o passar dos meses a iluminação foi sendo retirada. Elas costumam andar quase todo o dia por volta das 18h30 e ficam por cerca de uma hora. “A gente fica meio assim, de andar e acontecer alguma coisa. E eles não tomam providência nenhuma de colocar a luz”, relata Taís. Cristiane contou que por duas vezes chegou a ver policiais com lanterna fazendo patrulha no lago, mas se queixa de terem sido pouca às vezes.
Inauguração do Lago Veredinha

No dia da inauguração, antes de ligar a iluminação, Márcio de 40 anos e Felipe de 10 anos, pai e filho caminhavam juntos,  disseram que às vezes passam pelo lago para conversarem, os dois se queixaram da falta de iluminação no dia, mas Márcio estava otimista com o ínicio da nova iluminação.

A obra teve um custo de 354 mil, foram instalados 50 postes de 16 metros de altura. A revitalização em 2008 teve um custo aos cofres públicos em torno de 1 milhão e setecentos mil.

O governador Arruda aproveitou a ocasião para relatar a mais recente pesquisa de sua popularidade, disse que conseguiu em Brazlândia a maior aprovação de todo o DF: Ouça toda a fala de Arruda:
{mp3}2009-06-01 - Inauguração da Iluminação do Lago (Arruda) [Publicado]{/mp3}

Leia mais ...
Dia: 10 de abril de 2009
Horário: Saída às 16h e chegada às 18h
A saída será feita no Santuário Menino Jesus de Praga
O destino vai ser o Morro da Quadra 12 norte.
 
Haverá percurso pelas principais vias de Brazlândia.
Leia mais ...

Ontem (11/02) em nota à imprensa o Ministério Publico se pronunciou em relação a distribuição dos lotes irregulares no Incra 8:

"As Promotorias de Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística do MPDFT requisitaram à Delegacia Especial do Meio Ambiente (DEMA) a instauração de inquérito policial para apurar notícia de prática de parcelamento irregular no Incra 8, em Brazlândia. Segundo investigações preliminares, autoridades públicas locais teriam dado início a uma expansão do INCRA 8 sem autorização ou licença, visando constituir novos lotes para distribuição a funcionários do INCRA e da Associação Pró Desenvolvimento do INCRA 8." 

Leia mais ...

 

No inicio da tarde de hoje Moradores de Brazlândia passaram por um susto grande no ônibus de linha 401 (Taguatinga/Brazlândia). Por volta das 12h25 a parte direita do pára-brisa do ônibus 139319 da Viplan quebrou enquanto estava em movimento.

Alguns dos passageiros que se encontravam na parte da frente do ônibus tiveram pequenos ferimentos com os estilhaços de vidro. O passageiro Renato Gonçalves relata que a situação poderia ter sido pior: “O ônibus azul (de outra empresa) passou um pouco antes e por isso o ônibus estava mais vazio”, ele diz que quando esse ônibus não passa antes, o da Viplan fica muito cheio e a situação dos acidentados poderia ter sido mais grave.
 
De acordo com relatos de passageiros não foi a primeira vez que isso acontece com uma linha da Viplan, da última vez houveram ferimentos graves nos passageiros.

Leia mais ...

Entre os dias 27 de janeiro e 1 de fevereiro de 2009, a Amazônia será o centro de discussões e debates, onde mais de 100 mil pessoas de mais de 150 países diferentes realizarão manifestações, trocarão idéias e partilharão ideais para um mundo melhor.

O FSM (Fórum Social Mundial 2009) se dá num contexto de várias crises mundiais: econômica, energética, ambiental, cultural e política. Tudo indica que estamos diante de uma crise do modelo de civilização.

O debate, a troca de experiências, o entendimento entre os povos, a politização interlíngue. É parte da dinâmica e da sociologia do fórum. É caminho para o florescimento de um novo paradigma de vida com mais respeito ao meio ambiente, aos hábitos culturais dos diferentes povos.  O mundo carece de sujeitos sociais mais reflexivos, interferentes e politizados.

O FSM já começou nesta terça-feira (27/01) com uma "marcha da paz", da proposição de uma novo modelo de sociedade. Mais de 80 mil pessoas participaram da marcha de abertura do FSM em Belém. Quarta-feira (28/01) dar-se-á o início de uma série de debates e reflexões políticas, econômicas, culturais e ambientais.

Welligton Dias estará fazendo a cobertura de todo o evento para o site.

Leia mais ...

A partir de amanhã (23/01) os moradores de Brazlândia terão mais possibilidades de manter contato direto com a polícia militar, será estreado o uso de celulares em diversos pontos da cidade, e cada viatura terá o seu próprio número.

A Idéia foi implantada pelo Comandante Rojas, que iniciou o  comando na cidade em meados de maio do ano passado. Desde o inicio o projeto já vinha sendo comentado nas reuniões do Conselho de Segurança, foi quando tudo começou a ser planejado e depois entregue ao Comando Geral da PM para ser avaliado.

Após a aprovação CG, a equipe do comandante passou a executá-lo, contaram com a ajuda da Associação Comercial e Industrial de Brazlândia (AciBraz) que providenciou os celulares, também com algumas empresas da cidade que confeccionaram os adesivos dos carros, imãs e planfetos. Foi aplicado o conceito da policia comunitária, a própria comunidade ajudando na segurança e tendo um maior contato com a polícia. Os planfetos e imãs também serão entregues com a ajuda do Correios.

Leia mais ...

Moradores do Incra 8 denunciaram ao DFTV o uso de área pública e de proteção ambiental, sendo usada para construção de lotes irregulares. Em reportagem no dia de ontem (19/01), um morador que preferiu não se identificar denuncia: "O senhor Valter Cardoso, representante do governador Arruda no Incra 8, ele é diretor de Agricultura da Administração Regional, junto com o senhor Silvano Marques, que é servidor da administração regional, mais o senhor Valdivino. Pessoas que necessitam estão fora do projeto e têm pessoas que são donas dos lotes, porque pagaram para eles de 10 a R$ 15 mil. Então, sem critério nenhum, estão fazendo essa 'expansão urbana' aqui dentro do Incra 8 e dizem que têm apoio da administração".

Leia mais ...

Era quase meio-dia (11:52) quando Brazlândia teve umas das tardes menos produtivas de sua história. Faltou energia, e a causa do problema foi a chuva, mesmo não chovendo forte no momento foi suficiente para explodir um transformador da sub estação que transmite a energia na cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros o transformador recebeu uma grande quantidade de água e com isso teria causado o problema.

Caixa EconômicaHouve interrupções comerciais pela falta de energia em toda a cidade. Os órgãos públicos e comércios foram os grandes prejudicados, e você confere com exclusividade aqui no Portal Brazlândia alguns dos principais locais da cidade que visitamos para verificar o funcionamento.

Os bancos e casas lotéricas atrapalharam bastante os moradores da cidade. Na Caixa Econômica as portas estavam fechadas com um aviso da falta de energia. No Banco do Brasil uma funcionária avisava as pessoas na entrada do não funcionamento. Já o BRB era o único que estava com os serviços normais, após a reforma do inicio do ano ele contou com um gerador próprio. No Setor Norte a lotérica fechou as portas às 15h45 e não abriu mais, e o BRB Conveniência retornou seu funcionamento após a energia ter voltado. 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS